Google+ Followers

sexta-feira, 14 de abril de 2017

ISRAEL 70 ANOS:

ISRAEL 70 ANOS: PODER-SE-IA FAZER NASCER UMA TERRA NUM SÓ DIA?


A última geração predita por Jesus


 

É importante considerar que, segundo a profecia de Jeremias, a Nação de Israel NUNCA deixou de ser uma nação perante Deus, pois até hoje ninguém pôde parar as leis que regem o Universo a fim de fazer com que o SENHOR rejeitasse completamente a geração dos filhos de Israel para sempre.
Assim diz o Senhor, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o Senhor dos Exércitos é o seu nome. Se falharem estas ordenanças de diante de mim, diz o Senhor, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre. Assim disse o Senhor: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá embaixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o Senhor. Jeremias 31:35-37
De fato, existem textos que demonstram que algumas das gerações dos filhos de Israel foram desprezadas pelo Senhor por causa dos pecados (2 Reis 17:20), mas lembre-se que não podemos cair no erro da generalização até porque os planos do Eterno estão firmados sobre os remanescentes – Romanos 9:27.
Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. Romanos 11:1

Israel é a peça chave que faltava no cenário mundial para que o desfecho profético ocorra.
Note que Jesus ao ler um pequeno texto no rolo do profeta Isaías, ele mencionou que aquele trecho se cumpriu no período em que Ele estava entre nós, enquanto que o restante do texto menciona os juízos futuros que recairão sobre a humanidade – Lucas 4:17-20 / Isaías 61:1-2
O SENHOR falou através dos profetas que os filhos de Israel iriam para o exílio, mas retornariam à sua Terra ANTES do retorno do Messias – Ezequiel 11:16-17 / Zacarias 14:1-4 / Isaías 56:1-8.
Assim diz o Senhor DEUS, que congrega os dispersos de Israel: Ainda ajuntarei outros aos que já se lhe ajuntaram  Isaías 56:8.
No capítulo 24 do evangelho de Mateus, Jesus narra os acontecimentos que ocorrerão antes de seu retorno à Terra, e um detalhe que me chama a atenção é que Jesus diz que não passaria aquela geração sem que todas as coisas acontecessem.
Que geração é aquela que Jesus mencionou?
E é justamente aqui que muita gente se confunde e até desmerece a profecia, pois a geração da época de Jesus passou, as guerras e doenças fazem parte de nosso cotidiano e Jesus não voltou.
Primeiramente devemos considerar que parte da profecia mencionada por Jesus, com base nos escritos do profeta Daniel, se cumpriu quando Jerusalém e o Templo foram destruídos pelo império romano. O ofício sacerdotal foi tirado e o Templo profanado pelo general Tito, quando se relacionou sexualmente com uma prostituta sobre um dos rolos bíblico.
De lá para cá as guerras, os conflitos e doenças continuaram afligindo o mundo, os judeus foram para o exílio (galut) e muitas profecias aparentemente perderam o sentido. Os pais da teologia moderna se esforçaram para descontextualizar e espiritualizar alguns textos bíblicos e assim defenderem o equivocado argumento de que a Igreja substituiu Israel, uma vez que a nação deixou de existir POLITICAMENTE até o ano de 1948.
Em 1947 iniciou-se as negociações entre judeus exilados e políticos da Comunidade Internacional para que a Nação de Israel voltasse a ser reconhecida internacionalmente, após o término do Mandato Britânico na “Palestina”.
Os judeus no exílio viviam um tempo de tensão pois foram transformados em indesejáveis exilados de guerra, porém guardavam um fio de esperança em poder retornar a Terra Prometida e reiniciar uma nova vida dentro de seus termos histórico e bíblico. E novamente o SENHOR entra em ação.
Quem jamais ouviu tal coisa? Quem viu coisas semelhantes? Poder-se-ia fazer nascer uma terra num só dia? Nasceria uma nação de uma só vez? Mas Sião esteve de parto e já deu à luz seus filhos. Isaías 66:8
Em 14 de Maio de 1948 cumpriu-se a profecia, e o plano tendencioso político de extermínio dos judeus cada dia torna-se mais frustrado junto com a doutrina da substituição.
A nação de Israel, apesar das dificuldades, tem se demonstrado importantíssima para o cenário tecnológico mundial onde ocupa as primeiras posições em diversas áreas, na agricultura, medicina, ciências, telecomunicações e informática.
Os meios de comunicação vendem a ideia de que Israel vive às custas dos EUA, porém a realidade é que o mundo vive às custas dos avanços tecnológicos de Israel que chega até você através de diversos acordos governamentais.
Por outro lado, infelizmente, o fictício governo palestino utilizou os bilhões de dólares doados pela Comunidade Internacional durante os últimos 69 anos apenas para enriquecer a família Arafat, na França, e de alguns outros líderes palestinos (em Dubai) que tentam a todo custo destruir Israel e vendem uma propaganda enganosa a você, recheada de vitimismo que reflete, na realidade, os interesses e as consequências de um desgoverno interno.
No próximo ano, em 2018, a nação de Israel completará seu 70º aniversário e entrará para a reta final de uma geração (Salmos 90:10).
O cenário mundial deixa transparecer seu ódio pela Nação de Israel, mesmo tirando proveito de toda benfeitoria e avanços tecnológicos que possibilitam o bem-estar de quase todos cidadãos no mundo, principalmente daqueles que usam telefone móvel e computadores.
Até mesmo em algumas questões bélicas a tecnologia de Israel supera a Americana. O governo de Israel, por exemplo, compra dos EUA apenas carcaças e motores de seus “potentes” aviões, que sofrem um UPGRADE quando recebidos pela IDF (Israel Defenses Forces).
Segundo as profecias revelam, a vinda de Jesus está atrelada a existência da Nação de Israel para que as nações da Terra se levante contra nós, ocasionando então a Guerra do Armagedon e finalmente o Grande e Terrível dia do SENHOR.
Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas. E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom. Apocalipse 16:15,16
Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. …. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam. Mateus 24:30-34
Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro, mas o restante do povo não será extirpado da cidade. E o Senhor sairá, e pelejará contra estas nações, como pelejou, sim, no dia da batalha.
E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul. Zacarias 14:2-4

Fonte: https://artigos.gospelprime.com.br/israel-70-anos-poder-se-ia-fazer-nascer-uma-terra-num-so-dia/


Nenhum comentário:

Postar um comentário