Google+ Followers

sábado, 18 de junho de 2016

SEXO ORAL E O CASAL CRISTÃO



SEXO ORAL E O CASAL CRISTÃO
Detalhes do que fazer e do que não fazer.

Sexo oral e o casal cristão


Dando continuidade sobre o assunto em questão, acho necessário esclarecer ainda alguns pontos quanto à execução desta atividade. Serei explícito, pois informação desnecessária ou complicada não adianta ser dada!

Um conselho inicial!

Se o casal decidiu praticar sexo oral genital, e como muitos, inclusive eu, acha que o novo testamento não recrimina isto, então sugiro que não discutam mais essa sua opção com ninguém. Não é da conta de ninguém, nem na casa de seus pais, na frente de seus filhos, na sua igreja, para o seu pastor.

O que o casal faz CONSENSUALMENTE entre quatro paredes é da conta só de vocês. Nada de bom vêm de uma exteriorização a outras pessoas de seus comportamentos sexuais. Se tiver algum problema, ou algo estranho, procure um (a) ginecologista, se for mulher, ou um (a) urologista se for homem.

Ah… importante: Pastor não é médico, e não tem que se meter com esses assuntos! Digo isso como um pastor ordenado que sou. Sou também sexólogo, posso ajudar, mas não com doenças. Se tiver dúvidas, mande suas questões para o e-mail (abaixo) da seção, que eu respondo!

Então vamos aos pontos a serem observados:

– O sêmen ejaculado, se o homem está saudável, se ingerido, não causa doenças. É uma questão de gosto pessoal. Isto vale também para o fluido lubrificante que sai do pênis antes da ejaculação.

– Sexo oral não deixa grávida. O que deixa grávida é ejacular na vagina, se a mulher está em período fértil. Aliás, sexo oral, se vocês gostam (ambos) é um ótimo modo do casal ter prazer sexual junto se quer evitar gravidez.
– Se você estiver com afta, sangramento na gengiva, garganta inflamada, ou qualquer outra patologia bucal, não faça sexo oral no seu/sua parceiro.

– Não introduza NADA na uretra (o canal da onde sai xixi). Na mulher é um canal acima da vagina, no homem é o mesmo canal.
– Não assopre seu/sua companheiro, não é balão de aniversário!

– Cuidado com os dentes, não morda, nem raspe os dentes. Dói e pode machucar!

– Muitas pessoas e medicinas (alternativas) acham que ingerir urina é bom para alguma coisa. Eu desconheço, e não me interesso pelo assunto. Evite se puder, não saberia dizer das implicações, mas com certeza você não vai morrer se escapar.  Mas pergunte a um médico, de qualquer maneira.

– Ah… sobre médicos e sexo. Perguntem tudo que vier a cabeça, por mais idiota que pareça. Não tenham vergonha, ele está lá para te ajudar (e está sendo pago para isso!).

– Se você é novo na relação, use camisinha, mesmo no sexo oral. Uma ótima barreira é folha plástica (filme) de cozinha, ponha na frente da vagina, por exemplo, e use tua língua sem danificar a barreira criada.

– Se houver corrimentos quaisquer, não façam sexo oral, e vá ao médico. Não confunda o líquido que sai do pênis em estado de excitação e a umidade da vagina excitada com corrimentos! Para muitos estes fluidos têm até sabor agradável.

– Algumas pessoas são alérgicas aos fluidos de outras pessoas, se for o caso evite o contato!
– Lave sempre as mãos antes do sexo, lave seus genitais também, com sabão neutro (sem perfume, que as vezes irrita). Escovar os dentes antes também não é uma má ideia.

– Existem desiquilíbrios no ambiente vaginal, relacionados à candidíase e fermentos naturais, que podem causar mau cheiro e irritar. Não façam sexo oral em sua mulher sem tratar E CURAR antes. Tua saliva pode piorar o quadro. Não se preocupe, isto não é necessariamente uma doença sexualmente transmissível, pode ser adquirida sem sexo. Não quer dizer que ela te traiu.

– Cuidados com alimentos na região. Alguns são danosos, tente evitar todos. Especificamente muito cuidado com leite, açucares, enfim, evite!

Algumas doenças (DSTs) podem ser transmitidas pelo sexo oral, portanto se protejam. O melhor seria consultar um médico para saber se ambos estão saudáveis. As vezes trazemos bagagem (doença até desconhecida por nós mesmos) de uma vida anterior, antes de ter conhecido a Cristo, que pode ser transmitida ao cônjuge inocente. Não é justo, certo? Então na dúvida, vá a um médico, trate a doença, e verifique se o que você possa ter, é ou não transmissível. Não o fazer é não amar de verdade a pessoa que você diz amar.

Bom, sejam felizes, se resolveram fazer sexo oral, ou não, o importante é respeitar a vontade dos DOIS parceiros. Mandem suas perguntas para: perguntas.sexo@gmail.com. Só eu tenho acesso a este e-mail, e sua privacidade estará assegurada.

Como só entrei neste assunto agora à pedidos, voltarei a falar de intimidade entre os casais, começando por explicar como funciona o homem e seu órgão genital, e depois a mulher, como se dá o orgasmo, etc.


Até lá!

* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores

e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.


Fonte https://artigos.gospelprime.com.br/sexo-oral-e-o-casal-cristao/

Nenhum comentário:

Postar um comentário