Google+ Followers

domingo, 1 de março de 2015

AS CINCO BENÇÃOS ESPIRITUAIS DA IGREJA DE CRISTO


ADMEP – ASSEMBLEIA DE DEUS MINISTÉRIO ESTUDANDO A
PALAVRA





CULTO DE DOUTRINA


As Terças Feiras 03/03/15

Tema

AS CINCO BENÇÃOS ESPIRITUAIS DA IGREJA DE CRISTO


Texto Áureo

E Perseveravam na doutrina dos apóstolos, na comunhão, no partir do pão e nas orações” (At 2:42)

Leitura Bíblica: At 2: 42-47



Introdução: - Vemos no livro de Atos vários acontecimentos, o Sr Jesus sendo assunto aos céus, promessas sendo cumpridas, o Espírito Santo sendo derramado em parte sobre discípulos, vidas sendo salvas através da pregação do evangelho e etc. O livro de Atos mostra um novo povo surgindo além dos Judeus, a Igreja, pois é onde mostra seu surgimento. Vemos no livro de Atos a Unidade e o Crescimento explosivo da Igreja de Cristo.


Acontecimentos no livro de Atos.

1° Mudança de Dispensação - Antes era a Dispensação da lei - Escrita e ensinada por Moisés - A partir de Atos isso vai mudar, pois a dispensação da lei foi até a Cruz.

 Mudança Divina na direção: Antes o Senhor Jesus nos Evangelhos dirigiu os seus discípulos e as multidões, agora através dessa mudança quem comanda é o Espírito Santo, o amigo do noivo, o outro Consolador e etc. (Jo 14:16).

 Cumprimento da promessa de Jesus Lc 24:49 "Ficai na cidade Jerusalém até que alto sejais revestidos de poder". O revestimento de Poder vindo sobre os Discípulos, para pregar o evangelho.

4° O Surgimento ou a Fundação da Igreja. (At 2:1-4).

 As primeiras conversões. (At 2: 37-47).

 Milagres de Deus, por causa do Amor, da Unidade, Comunhão, Orações, Fé, Partir do Pão e etc(Atos Capítulos 2 ao 12).


A Igreja de Atos 2 é um modelo a ser vivido em qualquer tempo, estação, situação e etc. Vivemos o período da Igreja de Laodiceia, porém temos a opção de escolher se seremos uma Igreja morna e carnal, ou uma Igreja viva e espiritual.


1 - Característica da Igreja: Perseveravam na Doutrina dos Apóstolos  - (At 2. 42a).

Bíblia Almeida: Sig: Permanência num estado ou numa atividade, mesmo em caso de oposição ou fracasso.

Perseverar no Original Sig: Capacidade ou persistência de Aguentar ou manter-se firme diante das dificuldades. Mt 24:13

Os apóstolos continuaram no mesmo ensino de Jesus, pois aprenderam com o mesmo. Sabiam quão a importância do Ensino nas suas vidas, e perseveraram ensinado os novos convertidos para que a fé em Cristo fosse concreta, ou seja a Base Espiritual de suas vidas.

Jesus mencionou várias Doutrinas em seus Ensinamentos, porém não explicou nenhuma delas, os apóstolos e principalmente Paulo irá explicar.

Nos Evangelhos vemos as doutrinas de Jesus em cada sermão ou ensinamento do mestre.

Essa doutrina do versículo 42 são os ensinamentos de Jesus aos seus discípulos e as multidões, conforme podemos em Mt 5-7,13, o ensinamento de Jesus sobre o perdão Mt 18, os ensinamentos de Mc 6:34 que não nos é revelado o que seria esse ensinamento, porém sabemos que foi bem proveitoso para aquela multidão e etc.

Essas doutrinas e muitas outras eram passadas a cada alma que ia sendo salva, conforme a vontade do Senhor.

2 - Característica da IgrejaPerseveravam na Comunhão  (At 2. 42b).

Bíblia Almeida: SignAssociação com uma pessoa, envolvendo amizade com ela e incluindo participação nos seus sentimentos, nas suas experiências e na sua vivência. Relacionamento que envolve propósito e atividades, parceria (1 Co 1:9; 10: 16; 2 Co 13:13; Fp 2:1; 3:10).

Quando falamos de comunhão, falamos de uma unidade, pessoas que estão em comunhão com Deus, e fazem questão de estarem em comunhão com os outros irmãos. Comunhão é em comum acordo, primeiramente com Deus e depois com o nosso próximo, através disso cumprimos o que Jesus disse em Mt 22: 37-39.

A comunhão com os nossos irmãos, nos traz paz, prosperidade, alegria, bênçãos espirituais, nos faz interagir de forma harmônica com a Igreja e o Pastor mesmo que não desejamos e etc. Jo 13:35.

A comunhão que o Espírito Santo quer que praticamos é estarmos interagindo uns com os outros, participando das alegrias, dificuldades, ou seja momentos bons e momentos ruins. Quando estamos em comunhão, estamos com o mesmo pensamento, propósito e principalmente atitude em prol do Reino de Deus.


Para estarmos em Comunhão é necessário:

I - Oração - Diálogo com Deus e Intercessão pelos outros.
II - Estudo da Palavra - Conhecer a Deus através da Palavra.
III - Amar o próximo - Sentir o mesmo do outro (Bom ou Ruim), Interceder em prol da vida do outro.


3 - Característica da IgrejaPerseveravam no Partir do Pão (At 2. 42c).


Muitos cristãos supõem que este texto se refere a "tomar ceia" e têm a ideia de crentes primitivos encontrando-se nas casas para comer um pedaço de pão e beber um de vinho ou suco de uva, como os Cristãos fazem hoje nas Igrejas. No entanto o contexto é do Judaísmo do 1° Século e não do Cristianismo de hoje do seculo XXI. Naquela época os Judeus messiânicos tinham o partir do pão como algo simples que era fazer refeição juntos.

Os Judeus tinham o hábito de se alimentarem uns com ouros, quando eles foram em Cristo isto ficou mais claro, pois no versículo 46 conforme abaixo;
No versículo 46 diz: Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as refeições com alegria e singeleza de coração.Aqui refere-se a refeição diária dos Judeus, ou, seja, A passagem aqui se refere a explicação do versículo 42 ou seja, dos costumes da vida diária, o "partir o pão" refere-se à alimentação regular e diária. Aqui poderíamos afirmar como "tomando café da manhã, almoçando e jantando em casa, comiam juntos...".

Vejamos como eles ficaram depois de serem salvos e cheios de Deus, ajudavam uns aos outros sem se importarem com valor, a intenção era sempre doar para quem precisasse. Se tivessem duas casas ou terrenos vendiam um para que o dinheiro do imóvel fosse revertido em algo para abençoar quem precisasse.

Isso nos ensina a Perseverar os Departamentos que temos em nossa Igreja, e que esses departamentos são a causa de abençoar muitas. Glória a DEUS.
Deus conta com sua Igreja para abençoar os necessitados seja da forma que for, física, emocional, espiritual, financeira, alimento e etc. (Mt 14:16)


4 - Característica da IgrejaPerseveravam nas Orações (At 2:42d).

Os Apóstolos aprenderam com o Jesus o valor e o poder da Oração na vida do Cristão, pois logo Cap 3 e no primeiro versículo diz que Pedro e João subiram ao templo para orar. Isto mostra que os líderes da Igreja precisamos estar revestidos de poder divino e autoridade espiritual para os embates que viriam através do sinédrio e os fariseus At 4: 5-10.

Jesus passou uma noite inteira de oração para escolher seus doze discípulos que se tornariam apóstolos para darem prosseguimento em propósito de salvação Lc 6:12-13, isso nos mostra que o próprio Senhor precisou orar para não se precipitar em qualquer escolha ou decisão.

Os Apóstolos aprenderam que para terem uma vida cheia de Deus é necessário orar sem cessar 1Ts 5:17.

No Versículo 42 parte "d" diz nas orações, ou seja, está no plural, pois Judeus tinham vários horários no dia para as orações, e em uma dessas um coxo foi curado de forma surpreendente, pois em Pedro havia literalmente a UNÇÃO de Deus, pois até sua sombra curava conforme diz a Palavra At 5:15.

Eles oravam no templo, em casas conforme At 1:14, estavam no templo os discípulos e Maria mãe de Jesus em unidade com eles em oração.

Sem oração não temos como permanecer de pé, não temos condições de tomar decisões, não temos condições de viver de forma avivada e cheia do Espírito de Deus, não damos bom testemunho e nem vivemos em comunhão com Deus e muitos menos coma Igreja do Senhor.


5 - Característica da IgrejaEm cada alma havia temor (At 2:45).


Em cada alma que ia sendo salva eles eram movidos de temor, pois eram ensinados a respeitar, reverenciar e servir ao Senhor Jesus que esteve com eles.
(Provérbios 2:5) - Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus.

(Provérbios 2:6) - Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento.

Como os Apóstolos temiam ao Senhor, até por que viveram com o próprio Senhor Jesus, entenderam e ensinaram a outros a importância de temer, respeitar, reverenciar ao Espírito Santos, pois era o Deus na terceira pessoa da Trindade que estavam neles e com eles o tempo todo.

Vemos claramente os milagres de Deus em prol da Igreja por causa do Temor, da Perseverança, do Partir do Pão, das Orações e da Comunhão que eles tinham com Deus e entre si, isso fazia com que o Espírito Santo salvasse cada vez mais pessoas para que fossem testemunha oculares dos milagres de Deus e participantes na aceitação e vivência no sacrifício de Jesus na Cruz do Calvário.

Temer ao Senhor é o princípio da sabedoria como diz o próprio Salomão (Pv 1:7).

Teme a Deus e guarda os seus ensinamentos, pois esse é o dever de todo homem. (Ec 12:12).

Conclusão: Para que tenhamos essas dessas bençãos, é necessário seguir os princípios da Palavra de Deus. Nós a Igreja de hoje precisamos ser despertar e atentar mais para os discípulos fizeram e também nos ensinaram a fazer. Ainda temos tempo, aproveitemos as oportunidades que temos e que aparecerem, pois não podemos tirar ninguém do inferno, porém podemos impedir que mais vidas vão pra lá. Que o Senhor nos ajude.





                                 Estudo Elaborado por,     Luiz Afonso

              

Nenhum comentário:

Postar um comentário