Google+ Followers

sábado, 15 de agosto de 2015

SEGUNDA EPÍSTOLA DE PAULO A TIMÓTEO



SEGUNDA EPÍSTOLA DE PAULO A TIMÓTEO





Lições Finais Para um Protegido




Resumo:



Você facilmente, poderá dizer o que é realmente importante para uma pessoa ao prestar atenção em suas últimas palavras. A declaração de vontade e as confissões no leito de morte têm servido de base para o tema de muitos livros e filmes nos últimos tempos. David Livingston proferiu suas últimas palavras em uma oração em favor das tribos que ele procurou alcançar na África. As últimas palavras de Jesus foram para dar a ordem do grande comissionamento. As últimas palavras do apóstolo Paulo nós podemos ler na sua Segunda Carta a Timóteo.


Essa Carta é o último livro da coleção de cartas escritas pelo grande líder do primeiro século. Nela ele fala sobre várias questões vitais a seu filho na fé Timóteo, o jovem pastor da igreja de Éfeso. Paulo tinha sido seu mentor e professor. Essa Carta contém as últimas lições do apóstolos para seu discípulo favorito.


Paulo exorta Timóteo a desenvolver os dons espirituais de sua liderança. Timóteo, jovem e tímido, seguidamente se sentia esmagado por ter de exercer o papel de liderança. Paulo lhe recorda de que ele, um dia, impôs suas mãos sobre ele e o comissionou para o ministério. Agora, Timóteo tinha de abanar com um leque as chamas dos dons que recebeu de Deus e usá-los sem medo ou vergonha.

Paulo também motiva Timóteo usando figuras de linguagem. Somente no segundo capítulo o apóstolo usa sete metáfora para descrever a liderança: professor, soldado, atleta, agricultor, obreiro, vaso e servo. Essas figuras servem de moldura para um líder que é generoso, disciplinado, paciente, forte, tenaz, puro, que trabalha muito e que se sacrifica.


Paulo também orienta seu jovem aprendiz a lidar com os tempos de dificuldades. Ele redescreve para ele os valores que o cercam e o alerta sobre dificuldades que estão por vir. Ele descreve o evangelho como sendo uma verdade a ser preservada, uma ferramenta para ser experimentada e um tesouro a ser apreciado. Timóteo deveria fazer esse evangelho alcançar lugares aos quis Paulo ainda não o tinha feito chegar.


Finalmente, Paulo desafia Timóteo a assumir seu legado. Ele lhe fala como seu orientador, particularmente, no final dessa Carta e lhe pede que lidere com convicção, que pregue o evangelho da forma como o recebeu e que ajude outras pessoas a se tornarem lideres tão fiéis quanto ele é. Esse tipo de trabalho traria como recompensa uma coroa celestial.


O Papel de Deus em 2 Timóteo


Deus assegurou-se de que Paulo falaria ao coração de um líder e não apenas para sua razão. Na medida em que a Carta apresenta instruções práticas para a razão, na medida que desafia e exorta a vontade, Deus entrega, por meio da pena de Paulo, palavras que são capazes de ir diretamente ao coração e emoções de Timóteo.


Qualquer líder pode receber encorajamento valioso dessa Carta. Ela chama os líderes para que ajam com toda a sua alma e convicção, para que permaneçam fiéis àquilo que é correto, mesmo quando somente ele assim permaneça, para que se dê bem, sem se importar com a decadência moral em que este mundo está. Deus nos fala muito intimamente e nos orienta a sermos líderes de seu time, pessoas do bem e não do mal, pessoas grandes e não miseráveis.


Lições de Liderança

·     Nós somos muito mais eficientes quando atuamos com os dons que temos.

·              Líderes devem preparar líderes, que devem fazer o mesmo.

·         Líderes buscam o padrão de excelência, da moralidade, da produtividade e se esforçam para que se forme à sua volta um ambiente favorável.

·        Caminho para uma liderança eficiente é como um lugar que tenha, ao longo de si, mesmo muitas barreiras.

·           Líderes devem trabalhar de modo conscienciosos para terminarem bem.

·              Líderes espirituais que terminam bem serão recompensados ricamente.




Fonte: Bíblia da Liderança Cristã - Com notas e artigos de John C. Maxwell. pág. 1064

Nenhum comentário:

Postar um comentário